1ano
Querid@s compas, amig@s e parceir@s do Mercado Sul – Taguatinga, Somos Beco pra uns, Beco da Cultura pra outr@s. Somos a história viva do antigo Mercado Sul de Taguatinga. No dia 07 de fevereiro de 2015, nós do movimento cultural, trabalhador@s e moradores do Beco iniciamos nosso processo de retomada da cidade. A cidade que construimos, no beco onde existimos e criamos noss@s filh@s, nossas lutas, nossas artes. Reivindicamos as lojas abandonadas, ruínas ociosas que vêm ao longo de mais de 10 anos afetando a segurança e a saúde fisica, social, ambiental e cultural do Mercado Sul. Por acreditar que o direito de viver não deve estar submetido aos interesses da especulação imobiliária, que prefere os espaços fechados, decidimos ocupá-los e reabri-los com o proposito de recuperar mais um cantinho da cidade para a vida e convívio saudável e coletivo. Em nossa trajetória, tecida por muitas mãos e em processo de construção contínua, aprendemos que a cidade deve estar de acordo com a força coletiva que a construiu e segue construindo, que deve servir ao bem comum, ser inclusiva e participativa. A isso concordamos em chamar de Direito à Cidade e assim o reivindicamos como tantos outros grupos e tantas outras comunidades organizadas mundo afora. O Estatuto da Cidade entende que a área ou construção urbana que não cumpre sua função social deve ser reordenada ao coletivo, ao bem comum da cidade. Afinal, a quem deve servir os bairros e a própria cidade? Assim, não podemos deixar de concluir que a situação que hoje vivenciamos viola nossos direitos e que devemos nos manter firmes em sua defesa.
Nosso intuito é preservar esse lugar histórico de Taguatinga (e do DF) tanto em sua dimensão arquitetônica, quanto na escala humana, com as vidas vividas aqui e a cultura que aflora há décadas desse lugar. Aqui se constroem violas, vídeos, mamulengos, artesanatos e instrumentos com papelão e saco de cimento. Aqui, o beco vira palco, roda de capoeira, escola, eco-feira, vira comunidade, santuário, espaço de produção e aprendizagem. Daqui surgiram inúmeras iniciativas culturais e coletivas…. Com esse movimento, pretendemos dignificar a morada e o trabalho d@s que aqui residem, fortalecer as ações que já são realizadas, expandi-las e enraiza-las, assim como servir de meio e apoio para novas ações e iniciativas criando um centro de difusão e criação cultural de Taguatinga. Convidamos a tod@s que querem partilhar conosco dessa luta para apoiarem esse movimento presencial e virtualmente, Venha fazer história! todo dia é dia de festa, trabalho, e pão!

Notícias

Ativismo Digital & Cultura e Saúde

Mercado Sul casa encontros Vozes Dissonantes e a Conferência Livre de Saúde e Cultura para fortalecer a luta pela democracia, pelas culturas populares solidárias e pelos direitos de produzir informação e saúde dos nossos jeitos.

Sarau do Casemiro Coco

Ouça as pérolas do Sarau de Inauguração do Espaço Casemiro Coco no Mercado Sul!

Gustavito no Mercado Sul

Gustavito trouxe seu balanço à Ocupação Cultural Mercado Sul Vive, justo no dia do Sarau de Inauguração do Espaço Casemiro Coco, de Miguel Mariano!

Quase Samba estreia no Mercado Sul

Filme, dirigido por Ricardo Targino entra em cartaz nos melhores cinemas e também em circuito alternativo de exibição.
Quinta-feira 11 de junho!
#vemprobeco
Cinema de quebrada, cinema de beco, imaginário de uma nova periferia e de um novo país!

Brincadeiras sonoras na Véspera do Dia das Mães, como parte da preparação do início das operações da Radio Mercado Sul, Rádio Rua, Rádio Sua.

Reunião entre GDF e Movimento (27/02)

E nesta sexta (27 de fevereiro) mais uma rodada de diálogo e negociação com o GDF sobre as demandas do Movimento Mercado Sul Vive. Movimento Cultural organizado em defesa do direito à...